Os cuidados com a climatização hospitalar

18 de março de 2014 | Sem Comentários Voltar

Hospitais e unidades de saúde devem ser dotados de instalações de climatização que garantam condições adequadas de conforto e higiene. Manter estes ambientes ventilados e arejados é fundamental, porém, ainda mais importante do que isso, é assegurar que os aparelhos tenham uma ação eficaz no combate de doenças de transmissão aérea – causadas por fungos, bactérias e outros micro-organismos –, diminuindo o risco de infecções no local.

Freeimages.com/tounyuu Os aparelhos de ar condicionado em hospitais devem promover a limpeza e purificação do ar.

No ar que respiramos, em locais não climatizados, estão presentes milhões de contaminantes biológicos. Em um ambiente hospitalar esta quantidade de contaminantes pode provocar complicações em pacientes já debilitados. A qualidade do ar nestes locais, portanto, deve ser garantida por meio de um sistema eficaz de filtragem.

 

Por este motivo, salas de espera, salas cirúrgicas, UTIs, quartos pós-operatórios e outros espaços de circulação de pacientes devem ser equipados com um sistema de climatização que apresente boa capacidade de filtragem de impurezas, de modo que evite a proliferação de bactérias.

Para assegurar que estes aparelhos apresentem tais características foi criada a norma da ABNT NBR 7256, que estabelece parâmetros e requisitos básicos dos sistemas de ar condicionado em hospitais. Essa norma controla, principalmente, a velocidade do ar, temperatura, umidade, nível de ruído, além da limpeza e manutenção adequadas do aparelho.

É recomendado que o planejamento destas estruturas de climatização mais complexas e detalhadas seja feito por engenheiros e arquitetos. Apesar de se tratar de um investimento significativo, os benefícios são inúmeros. Pesquisas realizadas em hospitais dos EUA mostram que as melhorias na qualidade do ar, além de beneficiar pacientes em tratamento, reduzem os custos com assistência médica em até 20%.

 

Compartilhe este artigo
Nenhum comentário sobre "Os cuidados com a climatização hospitalar"
Deixe um comentário