Cozinhas e ar condicionado: mitos e verdades

29 de março de 2013 | Sem Comentários Voltar

Mesmo que não pareça muito comum, existem diversas residências que fazem uso de aparelhos ar condicionado também na cozinha. Apesar de alguns fatores eventualmente negativos como o aumento do gasto energético e do volume de gás necessário para cozinhar os alimentos, o uso desses aparelhos é recomendado especificamente para residências onde a ventilação de ar não funciona de maneira eficiente.

Além disso, em muitas residências o aumento da temperatura em virtude do calor do uso do fogão em combinação com fatores como as estações mais quentes do ano, tornam algumas cozinhas especialmente quentes, quase impossíveis de se frequentar.

Flickr.com/jhiner O uso de ar condicionado em cozinhas garante um ar com mais qualidade, livre de bactérias e impurezas.

Para esses casos específicos existem muitos aparelhos de ar condicionado de extrema qualidade, capazes de reverter o problema sem um gasto energético demasiadamente grande.

É o caso da linha de ar condicionado Carrier, especialmente o modelo Split, que, pela facilidade de instalação e o compacto tamanho de suas unidades, podem ser instalados em cozinhas sem maiores restrições.

Outro fator positivo da instalação de aparelhos de ar condicionado em cozinhas está no fato da higienização e da qualidade do ar que o aparelho consegue promover no ambiente.

Alguns modelos, como o Smart Inverter da Samsung, recém chegados ao mercado, conseguem produzir um ar refrigerado de excelente qualidade e com eliminação de 99% de bactérias e vírus, o que, em um ambiente como a cozinha, onde se necessita da máxima higienização possível, é uma ótima opção.

Já no caso das cozinhas industriais o uso de aparelhos de ar condicionado é altamente recomendado em virtude da grande circulação de pessoas e do aumento excessivo da temperatura, que, se não combatida, pode acelerar o processo de deterioração dos alimentos.

Para esses casos há sistemas de refrigeração extremamente potentes e funcionais, com especificações como funcionamento à gás ecológico e capacidade de instalação em tetos ou forros.

Lembre-se que somente com a visita de um profissional qualificado e experiente em uma cozinha industrial é que se chegará ao modelo de refrigeração ideal, tanto em potência, quanto em gasto energético e funcionalidade para o ambiente.

Para mais informações acesse o site:www.arcondicionadovecair.com.br

Compartilhe este artigo
Nenhum comentário sobre "Cozinhas e ar condicionado: mitos e verdades"
Deixe um comentário